---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Vacinação contra a Gripe termina no primeiro dia em Água Doce

Publicado em 24/03/2020 às 23:41 - Atualizado em 24/03/2020 às 23:41

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influênza (Gripe), teve início nesta segunda-feira (23) em todo o país.

Idêntico a outros municípios do Estado, em Água Doce devido a grande procura por parte dos grupos prioritários (idosos e profissionais da saúde), o primeiro lote acabou no primeiro dia da campanha.

A previsão repassada pela Secretaria Estadual da Saúde, é que novo lote das vacinas chegue no município nesta sexta-feira, dia 27.

A Secretaria Municipal da Saúde e Promoção Social de Água Doce realizará uma divulgação oficial quando as novas doses chegarem, haja vista que as doses serão enviadas pelo Governo do Estado.

Após o recebimento das vacinas, uma nova data será definida para a retomada da Campanha de Vacinação contra a Gripe.

Este ano a campanha foi iniciada com um mês de antecedência, em comparação com anos anteriores. O objetivo é reduzir a sobrecarga do sistema de saúde, para que possa ser priorizado eventuais atendimentos voltados ao coronavírus.

O que diz a Secretaria de Estado da Saúde 

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES) informa que recebeu na segunda-feira, 23, uma nova remessa com 156 mil doses da vacina contra a influenza (gripe). Essas doses serão colocadas pelo Estado à disposição das regionais de saúde a partir do dia 24 de março. No dia 16 de março, já havia sido recebido um lote de 306 mil doses que foram distribuídas aos municípios.

Como o Ministério da Saúde não envia o quantitativo total de vacinas de uma só vez, foram registradas faltas pontuais de doses em alguns municípios. O envio será feito por meio de remessas ao longo da Campanha de Vacinação.

É importante ressaltar que não haverá falta de vacina para a população pertencente aos grupos prioritários, que são: idosos com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; professores de escolas públicas e privadas; profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); povos indígenas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; adultos de 55 a 59 anos de idade; e pessoas com deficiência física, visual, auditiva, múltipla, intelectual e mental.

Em Santa Catarina, o público alvo para vacinação é de 2.271.314 pessoas. Ao todo, o estado receberá cerca de 2.570.800 doses, tendo em vista que crianças vacinadas pela primeira vez vão receber duas doses, com um intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Assessoria de Imprensa